Atualizado 24/05/2018

Quarto dia de greve tem manifestações em quase 80 pontos nas rodovias de SC

Paralização do transporte de cargas afeta distribuição de combustíveis, alimentos, medicamentos e outros produtos

A greve dos caminhoneiros entrou no quarto dia nesta quinta-feira, dia 24, em todo o país. De acordo com levantamentos da Polícia Rodoviária Federal e Polícia Militar Rodoviária, pelo menos 76 pontos com manifestações foram contabilizados até a manhã desta quinta nas rodovias federais e estaduais de Santa Catarina.

Rodovias federais com interdição

Joinville - km 25 da BR-101

Araquari - km 75 da BR-101

Itajaí - km 116 da BR-101

Palhoça - km 216 da BR-101

Imbituba - km 281, km 282 e km 290 da BR-101

Tubarão - km 342 da BR-101

Jaguaruna- km 354 da BR-101

Içara – km 382 da BR-101

Maracajá - km 402 da BR-101

Araranguá - km 421 e km 425 da BR-101

Sombrio - km 439 da BR- 101

Santa Rosa do Sul - km 445 da BR-101

Mafra - km 7 da BR-116

Papanduva - km 54 da BR-116

Santa Cecília - km 138 da BR-116

Correia Pinto - km 217 da BR-116

Lages - km 245 e km 247 da BR-116

Concórdia - km 97 da BR-153

Araquari - km 21 da BR-280

São Bento do Sul - km 123 da BR-280

Rio Negrinho - km 136 da BR-280

Canoinhas - km 231 e km 235 da BR-280

Irineópolis - km 268 da BR-280

Campos Novos - km 344 da BR-282

Catanduvas - km 406 da BR-282

Xanxerê - km 507 da BR-282

Chapecó – km 534 da BR-282

Nova Erechim - km 571 da BR-282

Maravilha - km 606 da BR-282

São Miguel do Oeste - km 645 da BR-282

Gaspar - km 47 da BR-470

Indaial - km 68 e km 76 da BR-470

Ascurra - km 90 da BR-470

Apiúna - km 100 da BR-470

Pouso Redondo – km 174 da BR-470

Curitibanos - km 247, km 249 e km 252 da BR-470

Campos Novos - km 321 da BR-470

Rodovias estaduais com interdição

São Miguel do Oeste - trevo entre a SC-163 e BR-282

Palma Sola - trevo no km 11 da SC-161

Itapiranga - margens no km 106 da SC-163

São Lourenço do Oeste - trevo no km 4,6 da SC-157

Xanxerê - trevo da SC-480 e BR-282

Tangará - trevo no km 140 na SC-135

Videira - trevo do km 49 na SC-335 e km 119 da SC-135

Fraiburgo - trevo no km 29 na SC-355

Otacílio Costa - km 200 na SC-114

Laurentino - km 346 da SC-350

Aurora - km 375 da SC-350

Petrolândia - km 296 da SC-110

Biguaçu - SC-407

Itapoá - no kms 17 e 22 na SC-416

Garuva - no kms 0 e 11 na SC-417

Forquilhinha - no km 400 na SC-108

Treviso - no km 25 na SC-446

Orleans - no km 335,500 na SC-108

São Joaquim - km 304,300 na SC-114

Massaranduba - SC-108 e SC-415

Itajaí - km 14,550 na SC-486

Concórdia - km 19,300 na SC-283

Guatambu- km 107 da SC-283

São Domingos - km 1 da SC-480

Campo Erê - km 2 da SC-160

Três Barras - km 4,30 da SC-120

Lebon Regis - km 163 da SC-420, km 165,100 no acesso SC-355 e km 02,300 da SC-355 saída para Fraiburgo

Efeito cascata

A mobilização já afeta diversos setores do estado, como a distribuição de combustíveis, alimentos e medicamentos. Nesta quinta-feira, inclusive, o Hospital Regional São Paulo, de Xanxerê, decidiu suspender a realização de cirurgias eletivas já marcadas com pacientes de toda a região.

 

Municípios da região também reduziram a demanda de serviços para poupar combustível, priorizando atendimentos nas áreas de saúde e educação. As administrações municipais de Xaxim e Passos Maia estão entre as que já tomaram a decisão.

 

Nesta quarta-feira, dia 23, o governador de Santa Catarina, Eduardo Pinho Moreira, se reuniu com lideranças do estado para discutir medidas que amenizem os reflexos da paralisação à população.

 

A greve dos caminhoneiros permanece mesmo após a Petrobras anunciar nesta quarta a redução de 10% no valor do litro do diesel pelos próximos 15 dias. A medida é considerada insuficiente pela categoria, que aguarda decisões melhores em novas reuniões do governo federal ao longo desta quinta-feira.

Fonte: Oeste Mais
© Copyright 2017 - Rede Nossa Rádio, Todos os direitos reservados Desenvolvido por HZ Soluções